terça-feira, 13 de abril de 2010

A Vassoura da Bruxa


As bruxas européias foram acusadas de voar em suas vassouras, e isso era considerado uma aliança com "forças demoníacas". Se tal feito fosse possível, seria realmente sobrenatural e, talvez bem demoníaca aos olhos de todos, contrastando com as simples curas e encantos de amor realmente praticado por nós Bruxas. Obviamente, esse mito foi criado pelos perseguidores das Bruxas.


A vassoura é um instrumento de poder da Bruxa utilizada para propósitos de proteção e purificação. Ela serve para varrer todas as energias negativas do espaço ritualístico, para favorecer as visitas dos seres fééricos e das Deusas, assim como para nossa própria proteção, devemos deixar sempre nosso espaço sagrado bem limpo de energias danosas. A vassoura mágica também serve para realizarmos viagens astrais ao reino das fadas. Essa é uma das prováveis explicações para as pessoas acreditassem que as Bruxas voassem em suas vassouras.
Realmente não podemos nos separar dela.

Agora você aprenderá como fazer a sua e torná-la uma ferramenta mágica necessária para a realização de seus rituais.

Material:

  • 1 vassoura feita de madeira e palha
  • Fitas de 30 cm nas cores branca, vermelha e preta.
  • ramos de tomilho (de 15 cm de comprimento)
  • 3 ramos de lavanda (de 15 cm de comprimento)
  • 3 ramos de sálvia (15 cm de comprimento)
  • Óleo aromático de cedro

1.Reúna todos os elementos que necessitarás e trace o círculo em torno de teu altar e chame os guardiães feéricos

2.Faça uma trança com as três fitas e em seguida faça um nó em cada extremidade enquanto diz;

"Um, dois, três, que os seres feéricos venham de uma vez".

3. Use a trança de fitas para atar os ramos de tomilho, lavanda e sálvia. Enquanto o fazes, chama os seres feéricos que trabalham com o tomilho, da lavanda e da sálvia para que emprestem sua energia espiritual para proteger seu lar de qualquer mal e de energias não desejadas. Diga:

"Seres feéricos do tomilho, peço proteção e bênçãos.
Seres feéricos da lavanda, peço proteção e bênçãos.
Seres feéricos da sálvia, peço proteção e bênçãos."

4. Agora pense em um nome para dar para sua vassoura mágica. Isso lhe dará maior poder. Utilize o óleo de cedro para escrever o nome na vassoura no cabo de madeira com letras, runas ou outros símbolos mágicos. Faça-o três vezes. Cada vez que escrever o nome, diga:

"Consagro essa vassoura (diga o nome)
aos seres feéricos e protetores..
Que assim seja!"

5. Dando prosseguimento, coloca-te no centro do teu Círculo Mágico. Avance no sentido horário usando tua vassoura mágica pra varrer do centro para fora. Isso significa que varrerás um círculo completo, dentre dentro até fora. Cada que fazer para varrer, vá imaginando que a área está sendo limpa de todas as energias não desejadas. Diga:

"Bendita seja vassoura mágica,
varre para fora todo o mal, varre para fora todas as energias nocivas,
varre para que saia do círculo, de meu lar e de minha vida."

6. Agora coloca-te no meio do círculo e comece a varrer para dentro toda a energia positiva e protetora. Enquanto o fazes, diga:

"Bendita seja vassoura mágica,
varre para dentro o amor, varre para dentro as energias positivas,
varre para dentro a alegria para dentro do círculo, do meu lar e de minha vida."

Deixe tua vassoura mágica do lado esquerdo (lado da Deusa) de teu altar quando não a estiveres usando. Coloque a vassoura sempre apoiada sobre o cabo, com a palha para cima. A vassoura mágica jamais poderá ser usada para varrer a casa, ela só pode fazer parte das atividades mágicas.


VASSOURAS DE CONFECÇÃO MAIS SIMPLES E NÃO MENOS EFICAZES


Há muitas Bruxas que colecionam vassouras, e sem dúvida há uma variedade de materiais exóticos utilizados em sua confecção.
Se desejar, podes fazer sua própria vassoura mágica utilizando-se de um cabo de freixo, galhos de bétula amarrados com ramos de salgueiro. O freixo é protetivo, a bétula purificante e o salgueiro é sagrado à Deusa.
Você poderá usar qualquer galho para fazer o cabo de sua vassoura, mas ao cortá-lo não esqueça de agradecer a árvore pelo sacrifício.

Nos antigos casamentos escravos na América, assim como as núpcias Ciganas, o casal geralmente pulava ritualmente por sobre uma vassoura para solenizar sua união. Tais casamentos eram comuns até tempos recentes, e ainda hoje os casamentos Wiccanos e pagãos incluem um pulo por sobre uma vassoura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário